FALCO - Hypothesising Human-Animal Relations in Medieval Portugal / Formulando o relacionamento entre humanos e outras esp├ęcies em Portugal medieval
EXPL/HAR-HIS/1135/2021

 

Unidade de Investigação: IEM-NOVA FCSH
Instituições participantes: Câmara Municipal de Salvaterra de Magos – Falcoaria Real ; Laboratório de Arqueociências – Direcção Geral do Património Cultural
Investigador responsável: Tiago Viúla de Faria
Investigador co-responsável: Rémy Cordonnier
Equipa de investigação: Tiago Viúla de Faria (IR), Rémy Cordonnier (Co-IR), Alice Tavares, Ana Paiva Morais, Ana Sirgado, André Silva, Carlos Pimenta, Diana Martins,  Fabio Barberini, Filipa Soares, Filipe Alves Moreira, Hélder Carvalhal, Joana Ramôa, Sónia Gomes.
Consultores: Aleks Pluskowski, Baudouin Van den Abeele, José Manuel Fradejas 
Duração: 2022

Resumo do projeto:

A principal premissa do Projecto FALCO é potenciar a investigação multidisciplinar acerca da relação entre o ser humano e outras espécies no Portugal medieval, mediante a exploração dos laços históricos com um grupo animal específico, as aves de rapina.

Incluindo as famílias “falconidae” e “accipitridae”, as aves de rapina incluem variadas espécies. Os investigadores e consultores do projecto são especialistas em questões-chave no estudo das aves e do homem medieval. O grupo irá analisar especificamente as várias vertentes dessas ligações. Será dada atenção às fontes primárias conhecidas, empregando abordagens metodológicas consagradas e outras a desenvolver, com vista a determinar o potencial, bem como os limites, de determinados tipos de registos históricos, de acordo com as abordagens empregues.

Findo o projecto, e como resultado das actividades de investigação e do debate científico, pretende-se alcançar uma base metodológica sólida para a investigação (abrangente e interdisciplinar) das relações homem-animal na Idade Média, concebida transversalmente entre temas e disciplinas.

Contacto: falco@fcsh.unl.pt