O vínculo do mês de outubro é dedicado à capela-morgadio de Lopo Mendes do Rio e Leonor Dias
A capela-morgadio de Lopo Mendes do Rio e Leonor Dias, sita no Mosteiro de São Domingos de Benfica, em Lisboa, foi instituída em 1501

A iniciativa “Vínculo do Mês” apresenta neste mês de outubro a capela-morgadio de Lopo Mendes do Rio e Leonor Dias, instituída em 1501 no Mosteiro de São Domingos de Benfica, em Lisboa. Parece-nos provável que a escolha do mosteiro não tenha sido fruto de uma devoção totalmente pessoal dos fundadores. De facto, D. Manuel apoiou com frequência alguns dos seus cortesãos, como estratégia de promoção da reforma das ordens religiosas. Neste sentido, a “sugestão” de fundação de uma rica capela fúnebre em determinado mosteiro contribuía para as obras e para o enriquecimento do mesmo, cimentando o ascendente régio; enquanto concorria para o prestígio acrescido dos cortesãos que nele eram acolhidos. Lopo Mendes do Rio era um destes homens dos monarcas, gozando de grande confiança de D. João II, a quem serviu como tesoureiro, e do seu sucessor, D. Manuel.

Esta capela-morgadio consagrava a constituição de um património de mais de dois milhões de réis, reunido através da participação na mercancia ultramarina e da venda de propriedades que detinham em Unhos e Frielas. Esta transação trouxe consigo a instituição de um morgadio a partir das terças, por vontade expressa de Leonor Dias. Interessa salientar a posição interventiva de Leonor na redação do documento de instituição, uma vez que a definição de cláusulas lhe confere um papel de destaque sobre os bens vinculados e prerrogativas de sucessão, matizando, como em vários outros casos, a hegemonia masculina do fenómeno de instituição vincular.

O presente Vínculo do Mês beneficiou de um trabalho prévio, inserido nas atividades formativas do Projeto VINCULUM aliadas a uma ação de comunicação de ciência e de salvaguarda do património. O proprietário do arquivo Brito do Rio, António Assis, confiou-o à equipa do Projeto, para ser organizado e estudado no âmbito de uma opção livre de iniciação à investigação em projetos.

Para conhecer em detalhe este vínculo, visite a página com toda a informação sobre este vínculo do mês. Pode ainda conhecer os outros vínculos entretanto disponibilizados, em: https://www.vinculum.fcsh.unl.pt/entail-of-the-month

Também poderá participar nesta iniciativa ao deixar a sua sugestão para futuros vínculos do mês e outras informações sobre vínculos de que disponha. Para isso poderá entrar em contato com o projeto no endereço eletrónico: vinculum@fcsh.unl.pt.

O projeto VINCULUM conta com o financiamento do European Research Council (ERC) e é liderado por Maria de Lurdes Rosa, Professora da NOVA FCSH e investigadora do Instituto de Estudos Medievais, distinguida com a primeira Consolidator Grant na área da História, atribuída pelo ERC a um investigador português.