Regnum Regis – As inquirições de 1220 e a génese da memória documental do reino medieval português (POCTI/HAR/47271/2002)

Unidade de Investigação: IEM/FCSH-NOVA
Investigadora responsável: Amélia Aguiar Andrade
Equipa de investigação: Amélia Aguiar Andrade, Bernardo Vasconcelos e Sousa, João Luís Fontes
Duração: 2004-2008

Resumo do projecto: Antes do Numeramento de 1527-1532, são as actas das Inquirições Gerais dos séculos XIII e XIV que constituem as fontes mais completas e exaustivas para o inventário das comunidades, bens e poderes existentes no Portugal a norte do Mondego, tal como o têm vindo a demonstrar diversos estudos regionais e temáticos feitos com base nos mais importantes desses inquéritos, os de 1220, 1258 e 1288.

O presente Projecto propõe-se levar a cabo a edição crítica dos primeiros, os de 1220, já que, estando todos eles publicados ou em vias de publicação, são os que o foram de uma forma incompleta e, portanto, a necessitar de uma urgente revisão textual. De facto, a edição hoje disponível das actas das Inquirições Gerais de 1220, publicada, sob a direcção de Alexandre Herculano, nos Portugaliae Monumenta Historica - Inquisitiones, não teve em conta a totalidade dos manuscritos disponíveis, nem responde às actuais necessidades de edição de um texto cuja consulta e utilização se tem revelado fundamental para um completo conhecimento do Portugal medieval de Duzentos.

Com efeito, a edição a efectuar não só procurará facultar a todos os investigadores e agentes culturais e de ensino um texto crítico e completo das actas das Inquirições de 1220, quer em suporte impresso, quer em informático, como se propõe apresentar índices que disponibilizem um conjunto completo e abrangente de informações e materiais susceptíveis de serem compulsados e aproveitados na prossecução do estudo das actas de todas as Inquirições dos séculos XIII e XIV, já que as suas edições não contemplam um semelhante tratamento e apresentação de texto.

Neste sentido, a publicação proposta acabará por facultar as bases de um esclarecimento mais rigoroso, cartografável e quantificável das questões levantadas pelas Inquirições Gerais de Duzentos e Trezentos, ao mesmo tempo que permitirá esclarecer um vasto conjunto de problemáticas decisivas para o conhecimento da realidade histórica portuguesa, como sejam as modalidades de povoamento, os comportamentos demográficos, os regimes de propriedade, os elementos ordenadores da ocupação do território (castelos, templos, paços e cercas amuralhadas), o exercício das justiças (comunitárias, senhoriais, régias), os modelos de fiscalidade, a diferenciação social, as marcas dos quotidianos rurais e urbanos, os sistemas de toponímia e antroponímia e o valor da escrita, do registo e do arquivo na defesa dos direitos e dos deveres político-sociais, para além de uma melhor compreensão do funcionamento das estratégias de afirmação local e regional do poder régio, bem como das tensões existentes entre centralização, senhorialismo e feudalidade.

Objectivos: Estabelecer a fixação do texto crítico latino das actas das Inquirições Gerais de 1220. Preparar a respectiva edição. Conceber e preencher uma base de dados a partir da informação disponível na edição das actas das Inquirições. Elaborar um glossário desse mesmo texto. Organizar e estabelecer os respectivos índices toponímico e institucional. Promover a disponibilização em CD ROM e na Internet de todos esses materiais. Realizar um Encontro nacional de reflexão em torno dos testemunhos das Inquirições de 1220. Organizar, no termo da vigência do Projecto, uma conferência internacional dedicada à análise histórica comparada da elaboração régia das primeiras memórias documentais de âmbito regional produzidas nos diversos reinos cristãos medievais de Duzentos.

Actividades desenvolvidas:
Mesa Redonda: As Inquirições do Reinado de Afonso II: reflexões em torno de alguns textos (4 de Dezembro 2006) [ver]
Colóquio Internacional: Inquirir na Idade Média: espaços, protagonistas e poderes (sécs. XII-XIV). Tributo a Luís Krus (14 a 15 de Dezembro 2007)
[ver]

Materiais produzidos:
Base de dados Regnum Regis - As inquirições do reinado de Afonso II (1211-1223) [ver]
Protocolo de preenchimento de base de dados Regnum Regis - As inquirições do reinado de Afonso II (1211-1223) [ver]
Poster Regum Regis [ver]
Bibliografia [ver]
Edição do texto latino das Inquirições:

Apresentação dos manuscritos [ver]
I - Inquirições de Entre Lima e Douro [ver ficheiros: 1, 2, 3, 4, 5]
II - Inquirições no Entre Douro e Mondego [ver]
III - Lista de Igrejas [ver]
IV - Rol das propriedades, bens e igrejas em Lisboa e seu termo [ver]

Base de dados: iem.fcsh.unl.pt/section.aspx?kind=bd2