Ciclo de seminários «Tesouros em pergaminho»: Breviário do Duque Hércules de Ferrara
18 de outubro, às 17:00, no Museu Calouste Gulbenkian (Coleção do Fundador – Sala do Setor Educativo). Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete


 

Data: 18 de outubro, 2018
Horário: 17:00 (duração: 60 min.)
Local: Lisboa, Museu Calouste Gulbenkian, Coleção do Fundador – Sala do Setor Educativo
Organização: Museu Calouste Gulbenkian; IEM-NOVA FCSH
Orador: Paula Cardoso e Catarina Tibúrcio

Hércules I d’Este, duque de Ferrara e Módena entre 1471 e 1505, contribuiu decisivamente para a prosperidade de Ferrara. O patrocínio das artes, atividade que desenvolveu grandemente, constituía peça fundamental na sua estratégia de afirmação política e de reforço da identidade cultural.

Um dos luxuosos manuscritos que encomendou, concluído cerca de 1492, foi o Breviário do Duque Hércules I de Ferrara, que foi adquirido por Calouste Gulbenkian em 1920, fazendo atualmente parte do espólio da Coleção do Fundador. Nesta apresentação iremos debater questões relacionadas com o local e data de origem do códice, o estilo da iluminura, influências artísticas, testemunhos da tendência renascentista e da permanência de modelos medievais.

Esta sessão decorre no âmbito do ciclo seminários «Tesouros em Pergaminho – A coleção de manuscritos iluminados ocidentais de Calouste Sarkis Gulbenkian», resultado de uma parceria entre o Museu Calouste Gulbenkian e o Instituto de Estudos Medievais (IEM) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCSH).