Ciclo de seminários «Tesouros em pergaminho»: Bíblia
19 de Abril, às 17:00, no Museu Calouste Gulbenkian (Coleção do Fundador – Sala do Setor Educativo). Entrada gratuita mediante levantamento de bilhete



 

Data: 19 de Abril, 2018
Horário: 17:00 (duração: 60 min.)
Local: Lisboa, Museu Calouste Gulbenkian, Coleção do Fundador – Sala do Setor Educativo
Organização: Museu Calouste Gulbenkian; IEM-NOVA FCSH
Orador: Luís Correia de Sousa

Não será exagero afirmar que nenhum livro teve tanto impacto na vida intelectual do Ocidente medieval como a Bíblia, tendo-se tornado, no século XIII, num verdadeiro best-seller. Novas comunidades de leitores, o patrocínio da aristocracia, novos recursos para a interpretação dos textos, são o fundamento para uma produção que se intensificou, abrindo caminho para importantes progressos na produção artística. O manuscrito LA211, de inícios do século XIV, cujas iluminuras são atribuídas ao Maître de la Bible de Jean de Papeleu, é um exemplar de grande qualidade estética e testemunha-nos uma linha de evolução da arte da iluminura neste período.

Esta sessão decorre no âmbito do ciclo seminários «Tesouros em Pergaminho – A coleção de manuscritos iluminados ocidentais de Calouste Sarkis Gulbenkian», resultado de uma parceria entre o Museu Calouste Gulbenkian e o Instituto de Estudos Medievais (IEM) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCSH).